Quem tem medo de Manuel António Pina? Em defesa de uma literatura menor

Translated title of the contribution: Who is afraid of Manuel Antonio Pina?: In defense of children's literature

Research output: Contribution to journalArticle

62 Downloads (Pure)

Abstract

Somos do século, dizia Almada, de inventar as palavras que já foram inventadas. O presente ensaio remete para a obra de um dos maiores poetas portugueses: Manuel António Pina, o autor que também escreveu textos que dizemos ser “para crianças”. Interrogam-se então as palavras: o que quer dizer “criança”? O que se entende por “menor”? De que falamos, quando falamos de “literatura”? Cada livro é uma pedagogia destinada a formar o seu leitor, lembra Derrida. Para além de uma imortal Obra Poética, Manuel António Pina lega-nos, com ela, uma criativa pedagogia do literário e da “desaprendizagem” que solicita – é de isto que se ensaia falar.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)124-135
Number of pages12
JournalColóquio Letras
Volume192
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Manuel António Pina
  • Literatura
  • Deleuze
  • (Des)Aprendizagem

Fingerprint Dive into the research topics of 'Who is afraid of Manuel Antonio Pina? In defense of children's literature'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this