Viver e morrer num ribāt no extremo sudoeste da europa (arrifana, portugal)

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

44 Downloads (Pure)

Abstract

O ribāt da Arrifana, por nós identificado em 2001, é já considerado por muitos investigadores que se dedicam ao estudo da presença islâmica medieval no Ocidente, como uma das mais importantes descobertas arqueológicas do século XXI. Paulatinamente, ali temos dirigido campanhas anuais de escavações, com diferente fôlego, mas que vêm contribuindo para o melhor conhecimento daquele sítio excepcional, não só pelos testemunhos que conserva como pela possibilidade de os podermos cruzar com diversa informação literária. O ribāt da Arrifana foi classificado, em Julho de 2013, como Monumento Nacional de Portugal.

The Arrifana ribāt, identified by us in 2001, is considered by many researchers, who study the Islamic presence in the West to be one of the most remarkable archaeological discoveries of the 21st century. Gradually, once a year, the authors have performed archaeological excavations, aiming to understand this exceptional site not only through the field evidences, but also with the possibility of crossing archaeological information with literary data. The Arrifana ribāt was classified, in July 2013, as a Portugues National Monument.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)97-112
Number of pages16
JournalArqueologia & História
Volume66-67
Issue number2
Publication statusPublished - 2015

Keywords

  • Ribāt
  • Ibn Qāsī
  • Arrifana
  • Aljezur
  • Algarve
  • Mesquita
  • Mosque

Cite this