Utilização de resíduos do processamento de maçãs como fonte de extractos antioxidantes

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

A actividade antiradicalar de maçãs Reineta e Royal Gala portuguesas foi avaliada nas maçãs totais, no seu sumo e no resíduo resultante da extracção do sumo. Verificou-se que cerca de apenas 50 % dos compostos com actividade antiradicalar são transferidos para o sumo ficando os restantes 50 % retidos no resíduo. A maior parte destes compostos podem ser recuperados num único passo de extracção com um solvente adequado (como acetona, metanol ou etanol), e o extracto assim obtido pode ser usado como um aditivo antioxidante para fins alimentares.
Original languageUnknown
Title of host publicationActas do 2º Seminário Luso-Brasileiro de Ciências do Ambiente e Empresariais
PagesCD-ROM, 5pp
Publication statusPublished - 1 Jan 2011
Event2º Seminário Luso-Brasileiro de Ciências do Ambiente e Empresariais -
Duration: 1 Jan 2011 → …

Conference

Conference2º Seminário Luso-Brasileiro de Ciências do Ambiente e Empresariais
Period1/01/11 → …

Cite this

Mendes, B. S., & Gonçalves, M. M. B. P. (2011). Utilização de resíduos do processamento de maçãs como fonte de extractos antioxidantes. In Actas do 2º Seminário Luso-Brasileiro de Ciências do Ambiente e Empresariais (pp. CD-ROM, 5pp)