Uma proposta de renovação social: A caridade cristã como nova matriz civilizacional

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

A recuperação e reinterpretação do conceito de caridade cristã – a nossa variável dependente – é relevante dada a renovada importância que, nos últimos anos, ele tem conquistado por causa da crise financeira mundial. Esta crise civilizacional, na opinião da Igreja católica, revalida-o, porquanto poucos como ele oferecem inspiração ao novo ideal social a construir. A nossa investigação propõe uma análise diacrónica, desde os inícios da era cristã até ao século XXI, que percorrerá inúmeras fontes primárias, como as sagradas escrituras ou os primeiros textos patrísticos, e ainda os mais recentes documentos encíclicos e estudos sobre a matéria. Assim, sugerimos uma revisão original e compreensiva da caridade, problematizando-a através da relação com as múltiplas variáveis independentes quer sejam políticas, sociais ou económicas. Chamaremos à colação, ainda que brevemente, o caso português de modo a dar expressão mais concreta à atualidade e validade do nosso objeto de estudo em sociedades secularizadas, laicas e, mais relevantemente, em situação de emergência social por causa da crise.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)39-64
Number of pages25
JournalRevista Caminhando
Volume20
DOIs
Publication statusPublished - Dec 2015

Cite this