“Um poder do outro mundo”: o demónio da Casa da Severa

Tânia Manuel Casimiro, António Marques

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

34 Downloads (Pure)

Abstract

Escavações arqueológicas na Casa da Severa puseram a descoberto contextos arqueológicos que se podem balizar entre o século XII e os finais do século XV. Foram identificados ambientes domésticos cuja cultura material e restos faunísticos se fazem associar sobretudo à comunidade muçulmana, apesar do enquadramento cristão em que a mesma esteve inserida ao longo destes três séculos. Entre os diversos achados de uso quotidiano, foi recuperado um molde em cerâmica onde era possível moldar pequena estatueta, em metal, que associamos a uma figura demoníaca: as suas características físicas com cascos e pernas de animal, chifres e falo, não deixam margem para dúvidas. Este trabalho pretende a análise desta estatueta como representação de actividades ocultas tais como a invocação de demónios, associadas a um contexto medieval lisboeta claramente popular. O facto de se tratar de uma peça para a manufactura de estátuas leva a crer que existia uma produção deste tipo de artefactos e que os mesmos podiam ser obtidos na Lisboa medieval sugerindo possivelmente a existência não apenas de um caso de adoração isolada, mas uma diversidade que possivelmente seria transversal a estas distintas comunidades religiosas. Tais cultos, conhecidos através da documentação, são raramente identificados em intervenções arqueológicas, pelo que este artefacto é reflexo de ideologias e crenças.

Archaeological excavations made in Casa da Severa, discovered some archaeological contexts possible to date between the 12th and 15th centuries. Several domestic environments reveal the presence of Muslim communities based on material culture and faunal remains. Among the many finds related to everyday household activities a ceramic mould was found. This object was used to cast metal figurines shaped as little devils. Its physical characteristics combining a human figure with animal legs, horns and a phallus clearly suggest this identification. This paper aims to study that figurine as a representation of occult activities, such as the calling of demons, associated to an atmosphere of popular superstition. The existence of one mould destined to cast several figures leads to the conclusion that this was not an isolated act but a widespread practice. Several documents seem to confirm that the worship of demons and other pagan ritual were frequent.
Original languagePortuguese
Title of host publicationEspaços e poderes na Europa urbana medieval
EditorsAmélia Aguiar Andrade, Catarina Tente, Gonçalo Melo da Silva, Sara Prata
Place of PublicationLisboa
PublisherIEM - Instituto de Estudos Medievais / Câmara Municipal de Castelo de Vide
Pages571-582
Number of pages12
ISBN (Print)978-989-99567-8-0 , 978-972-9040-15-3
Publication statusPublished - 2018
EventII Jornadas Medievais Internacionais de Idade Média: “Espaços e poderes na Europa urbana medieval” - Castelo de Vide
Duration: 5 Oct 20177 Oct 2017

Publication series

NameEstudos 18

Conference

ConferenceII Jornadas Medievais Internacionais de Idade Média
CityCastelo de Vide
Period5/10/177/10/17

Keywords

  • Molde
  • Demónio
  • Lisboa
  • Superstição
  • Idolatria
  • Mould
  • Demon
  • Lisbon
  • Superstition
  • Idolatry

Cite this

Casimiro, T. M., & Marques, A. (2018). “Um poder do outro mundo”: o demónio da Casa da Severa. In A. Aguiar Andrade, C. Tente, G. Melo da Silva, & S. Prata (Eds.), Espaços e poderes na Europa urbana medieval (pp. 571-582). (Estudos 18). IEM - Instituto de Estudos Medievais / Câmara Municipal de Castelo de Vide.