Um olhar pelo trajeto de Tavares através dos seus cânticos Nunc Dimittis

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

Das obras que chegaram aos nossos dias de Manuel de Tavares, compositor português do século XVII, que efetuou a sua carreira em Espanha, podemos distinguir sobretudo dois núcleos: as elaboradas para um só coro e as produzidas para vários coros. Constatando que as obras monocorais são obras de juventude e as policorais de maturidade propõe-se através dos seus dois
Cânticos Nunc Dimittis, sendo um para quatro vozes, uma obra de juventude escrita para a catedral de Baeza e o outro para nove vozes e baixo contínuo, uma obra de maturidade composta para a catedral de Las Palmas de Gran Canaria, analisar e delinear o trajeto estilístico de Tavares através da sua comparação. Esta far-se-á através dos seguintes parâmetros de análise: descrição
codicológica e dos conteúdos musicais, o enquadramento normativo, a estrutura macro-formal, a modalidade, o plano cadencial, a textura contrapontística e os tipos de escrita, o acompanhamento, a prática da dissonância, o material temático e motivo e a relação entre texto e música. Com este estudo analítico pretende-se obter esclarecimentos que melhor permitam avaliar a linguagem pessoal do compositor, bem como o grau de assimilação das inovações
estéticas do seu tempo.
Original languagePortuguese
Pages64-65
Number of pages2
Publication statusPublished - 2018
EventVIII ENIM: Encontro de Investigação em Música - Escola Superior de Educação do Porto, Porto, Portugal
Duration: 8 Nov 201810 Nov 2018
Conference number: VIII
http://www.spimusica.pt/

Conference

ConferenceVIII ENIM
Abbreviated titleENIM
CountryPortugal
CityPorto
Period8/11/1810/11/18
Internet address

Keywords

  • Manuel de Tavares
  • Século XVII
  • Música

Cite this