The participation of Portuguese students in ERASMUS

From its European conception to its implementation in universities

Research output: Contribution to journalArticle

14 Downloads (Pure)

Abstract

O Programa ERASMUS, criado em junho de 1987, tem sido considerado como um dos programas europeus de educação mais popular, na medida em que favorece a mobilidade científica de milhares de estudantes. Dada a relevância do ERASMUS na construção de uma Europa do conhecimento, pretendemos, com este artigo, analisar a importância do ERASMUS para Portugal desde a sua implementação. O estado da arte nacional sobre o assunto não é exaustivo. Apesar de a investigação sobre mobilidade estudantil a nível europeu, com enfoque no ERASMUS, ter uma expressão relevante – sendo inclusive difícil de a resumir dada a diversidade de estudos –, esta não é, contudo, acompanhada a nível nacional, uma vez que os trabalhos existentes sobre o país são sobretudo dissertações de mestrado, de índole qualitativa, muito suportadas por entrevistas a antigos estudantes ERASMUS e sobre os últimos anos do Programa. Neste sentido, neste artigo de fundo, além de identificarmos as principais etapas que levaram à instauração do Programa e de evidenciarmos os contornos da aplicação do ERASMUS em Portugal, pretendemos sobretudo analisar a tendência participativa dos estudantes portugueses do primeiro ciclo universitário (os chamados outgoings), desde 1987 a 2014, ano em que iniciou o ERASMUS+.
Original languageEnglish
Pages (from-to)97-113
Number of pages17
JournalEstudos do Século XX
Volume18
DOIs
Publication statusPublished - 2018

Fingerprint

Dada
Portugal
Arte
participation
university
student

Keywords

  • União Europeia
  • ERASMUS
  • mobilidade estudantil
  • Portugal

Cite this

@article{7cda65c8adb84850b66810b9bc3c9039,
title = "The participation of Portuguese students in ERASMUS: From its European conception to its implementation in universities",
abstract = "O Programa ERASMUS, criado em junho de 1987, tem sido considerado como um dos programas europeus de educa{\cc}{\~a}o mais popular, na medida em que favorece a mobilidade cient{\'i}fica de milhares de estudantes. Dada a relev{\^a}ncia do ERASMUS na constru{\cc}{\~a}o de uma Europa do conhecimento, pretendemos, com este artigo, analisar a import{\^a}ncia do ERASMUS para Portugal desde a sua implementa{\cc}{\~a}o. O estado da arte nacional sobre o assunto n{\~a}o {\'e} exaustivo. Apesar de a investiga{\cc}{\~a}o sobre mobilidade estudantil a n{\'i}vel europeu, com enfoque no ERASMUS, ter uma express{\~a}o relevante – sendo inclusive dif{\'i}cil de a resumir dada a diversidade de estudos –, esta n{\~a}o {\'e}, contudo, acompanhada a n{\'i}vel nacional, uma vez que os trabalhos existentes sobre o pa{\'i}s s{\~a}o sobretudo disserta{\cc}{\~o}es de mestrado, de {\'i}ndole qualitativa, muito suportadas por entrevistas a antigos estudantes ERASMUS e sobre os {\'u}ltimos anos do Programa. Neste sentido, neste artigo de fundo, al{\'e}m de identificarmos as principais etapas que levaram {\`a} instaura{\cc}{\~a}o do Programa e de evidenciarmos os contornos da aplica{\cc}{\~a}o do ERASMUS em Portugal, pretendemos sobretudo analisar a tend{\^e}ncia participativa dos estudantes portugueses do primeiro ciclo universit{\'a}rio (os chamados outgoings), desde 1987 a 2014, ano em que iniciou o ERASMUS+.",
keywords = "Uni{\~a}o Europeia, ERASMUS, mobilidade estudantil, Portugal",
author = "{da Cunha}, {Alice da Concei{\cc}{\~a}o Monteiro Pita Brito} and Yvette Santos",
note = "info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147250/PT# UID/HIS/04209/2013",
year = "2018",
doi = "10.14195/1647-8622_18_5",
language = "English",
volume = "18",
pages = "97--113",
journal = "Estudos do S{\'e}culo XX",
issn = "1645-3530",
publisher = "Imprensa da Universidade de Coimbra",

}

TY - JOUR

T1 - The participation of Portuguese students in ERASMUS

T2 - From its European conception to its implementation in universities

AU - da Cunha, Alice da Conceição Monteiro Pita Brito

AU - Santos, Yvette

N1 - info:eu-repo/grantAgreement/FCT/5876/147250/PT# UID/HIS/04209/2013

PY - 2018

Y1 - 2018

N2 - O Programa ERASMUS, criado em junho de 1987, tem sido considerado como um dos programas europeus de educação mais popular, na medida em que favorece a mobilidade científica de milhares de estudantes. Dada a relevância do ERASMUS na construção de uma Europa do conhecimento, pretendemos, com este artigo, analisar a importância do ERASMUS para Portugal desde a sua implementação. O estado da arte nacional sobre o assunto não é exaustivo. Apesar de a investigação sobre mobilidade estudantil a nível europeu, com enfoque no ERASMUS, ter uma expressão relevante – sendo inclusive difícil de a resumir dada a diversidade de estudos –, esta não é, contudo, acompanhada a nível nacional, uma vez que os trabalhos existentes sobre o país são sobretudo dissertações de mestrado, de índole qualitativa, muito suportadas por entrevistas a antigos estudantes ERASMUS e sobre os últimos anos do Programa. Neste sentido, neste artigo de fundo, além de identificarmos as principais etapas que levaram à instauração do Programa e de evidenciarmos os contornos da aplicação do ERASMUS em Portugal, pretendemos sobretudo analisar a tendência participativa dos estudantes portugueses do primeiro ciclo universitário (os chamados outgoings), desde 1987 a 2014, ano em que iniciou o ERASMUS+.

AB - O Programa ERASMUS, criado em junho de 1987, tem sido considerado como um dos programas europeus de educação mais popular, na medida em que favorece a mobilidade científica de milhares de estudantes. Dada a relevância do ERASMUS na construção de uma Europa do conhecimento, pretendemos, com este artigo, analisar a importância do ERASMUS para Portugal desde a sua implementação. O estado da arte nacional sobre o assunto não é exaustivo. Apesar de a investigação sobre mobilidade estudantil a nível europeu, com enfoque no ERASMUS, ter uma expressão relevante – sendo inclusive difícil de a resumir dada a diversidade de estudos –, esta não é, contudo, acompanhada a nível nacional, uma vez que os trabalhos existentes sobre o país são sobretudo dissertações de mestrado, de índole qualitativa, muito suportadas por entrevistas a antigos estudantes ERASMUS e sobre os últimos anos do Programa. Neste sentido, neste artigo de fundo, além de identificarmos as principais etapas que levaram à instauração do Programa e de evidenciarmos os contornos da aplicação do ERASMUS em Portugal, pretendemos sobretudo analisar a tendência participativa dos estudantes portugueses do primeiro ciclo universitário (os chamados outgoings), desde 1987 a 2014, ano em que iniciou o ERASMUS+.

KW - União Europeia

KW - ERASMUS

KW - mobilidade estudantil

KW - Portugal

U2 - 10.14195/1647-8622_18_5

DO - 10.14195/1647-8622_18_5

M3 - Article

VL - 18

SP - 97

EP - 113

JO - Estudos do Século XX

JF - Estudos do Século XX

SN - 1645-3530

ER -