O local nos musicares de Fernando Lopes-Graça

Translated title of the contribution: The notions of local in Fernando Lopes-Graca's musicking

Research output: Contribution to journalArticle

283 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo foi desenvolvido no contexto de uma pesquisa de doutorado, em fase de conclusão, sobre a obra musical de temática brasileira do compositor português Fernando Lopes-Graça. Partindo da noção de “musicar”, proposta por Christopher Small e definida como ação, processo e rede de relações, trago um panorama biográfico do sujeito da pesquisa, destacando seu envolvimento com a música em suas diferentes áreas de atuação. Segue-se uma discussão sobre a coexistência e articulação de diferentes paradigmas de prática musical, apoiada nas noções de música participativa, coloquial e apresentacional, desenvolvidas por Thomas Turino e Heinrich Besseler (a partir da leitura de Mário Vieira de Carvalho). Por fim, aponto três concepções de “local” que podem ser consideradas na análise da trajetória do autor estudado: o local concreto, referente aos seus ambientes de atuação; o local (adjetivo) tomado como marca de especificidade e o que denomino local “universal”, “ideal” ou “utópico”, relacionado a uma concepção metafórica de local como ambiente de fraternidade plenamente realizada e que se faz presente tanto na temática de muitas de suas obras quanto em seus textos, que nos aproximam de seu posicionamento político e de sua visão da História.
Translated title of the contributionThe notions of local in Fernando Lopes-Graca's musicking
Original languageMultiple languages
Pages (from-to)136-165
Number of pages30
JournalDEBATES - Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Música
Volume19
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Fernando Lopes-Graça
  • Musicking
  • Localidade

Fingerprint Dive into the research topics of 'The notions of local in Fernando Lopes-Graca's musicking'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this