A habitação das "classes laboriosas": Espaços de residência operária na Lisboa do final do século XIX

Translated title of the contribution: The housing of the “working classes”: Lisbon’s residence spaces in the late nineteenth century

Research output: Contribution to journalArticle

2 Downloads (Pure)

Abstract

No período final do século XIX o desenvolvimento industrial de Lisboa vai potenciar o crescimento demográfico e urbano da cidade. Estes fenómenos advêm do incremento das «classes laboriosas», nomeadamente as arroladas à produção fabril e oficinal, mas também do surgimento de núcleos habitacionais com diferentes tipologias. Os «pátios» e outros aglomerados residenciais, resultantes do aproveitamento de edifícios e espaços integrados na rede urbana preexistente, incorporavam comunidades social e laboralmente heterogéneas. As «vilas» e «bairros» operários, que por estarem integrados no espaço da fábrica e/ou pertencerem a um proprietário industrial, abrigavam comunidades de cariz bastante mais homogéneo, concebendo-se, assim, espaços sociais e urbanos diversos na Lisboa operária de então. Este artigo foca-se, portanto, na identificação dos espaços de habitação das «classes laboriosas» existentes em Lisboa na última década de Oitocentos, analisando, simultaneamente, a sua localização urbana, a distribuição de moradores por esses espaços e as suas condições de habitabilidade.
Translated title of the contributionThe housing of the “working classes”: Lisbon’s residence spaces in the late nineteenth century
Original languagePortuguese
Pages (from-to)41-61
Number of pages21
JournalCadernos do Arquivo Municipal de Lisboa
Issue number13
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • Lisboa
  • Habitação
  • Operariado
  • Século XIX

Fingerprint Dive into the research topics of 'The housing of the “working classes”: Lisbon’s residence spaces in the late nineteenth century'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this