A 5a Divisão do Estado-Maior-General das Forças Armadas no processo revolucionário Português: Modelos, apoios e antagonismos

Translated title of the contribution: The 5th Division of the General Staff General of the Armed Forces in Portuguese revolutionary process. : Models, support and antagonisms

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Após o golpe de estado de 25 de Abril de 1974 os militares tornaram-se centrais no desenho de um novo regime. O presente artigo centra-se na análise de um grupo militar, a 5ª Divisão do Estado-Maior-General das Forças Armadas, através do Boletim do MFA, pretendendo esclarecer o seu projecto político. Com o objectivo de avaliar o seu impacto na sociedade política examina-se a sua consonância e discordância com as posições dos partidos. A análise situa-se ao nível da enunciação mas também considera o ciclo da situação revolucionaria.
Translated title of the contributionThe 5th Division of the General Staff General of the Armed Forces in Portuguese revolutionary process. : Models, support and antagonisms
Original languagePortuguese
Pages (from-to)155-168
Number of pages13
JournalLer Historia
Volume67
DOIs
Publication statusPublished - 1 Jan 2014

Keywords

  • Portugal Contemporâneo
  • democratização
  • situação revolucionária
  • relações militares-civis
  • Contemporary Portugal
  • democratization
  • revolutionary situation
  • civil-military relations

Fingerprint Dive into the research topics of 'The 5th Division of the General Staff General of the Armed Forces in Portuguese revolutionary process. : Models, support and antagonisms'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this