Tempos e temporalidades: Contribuições para a descrição do ‘comentário’ como género

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

43 Downloads (Pure)

Abstract

Os tempos gramaticais contribuem para a caracterização da temporalidade presente nos diferentes textos e discursos. Esta constatação constitui o ponto de partida para a reflexão
presente neste artigo. Assim, e tendo como base textos que circulam com a etiqueta ‘comentário’, propomo-nos verificar de que forma as diferentes marcas linguísticas (presentes nas diferentes formas e construções que integram esses textos) contribuem para uma caracterização do que é (ou pode ser) o comentário. Partindo da análise de textos disponíveis no corpus G&T.Comenta procuramos relacionar
géneros textuais e tipos de discurso (Bronckart 1997), caracterizar os valores dos tempos gramaticais e os localizadores temporais que contribuem para a construção da temporalidade nesses textos. Seguimos como princípio orientador as propostas desenvolvidas no âmbito do
Interacionismo Sociodiscursivo (doravante ISD).
Para dar conta, de forma sustentável, dos valores que decorrem dos diferentes tempos gramaticais presentes nesses textos, recorreremos, e.o, às propostas desenvolvidas na perspetiva
da Teoria Formal Enunciativa (Culioli 1995, e.o.). É tendo como suporte esta proposta que assumiremos os diferentes valores que caracterizam os tempos gramaticais como resultantes
da inter-relação entre categorias gramaticais diferentes, sendo, por isso possível, associar aos valores temporais que as formas e as construções em análise denotam, leituras de natureza
aspetual e modal. As relações que se podem estabelecer nesta articulação entre uma análise micro (centrada nas formas e construções) e uma análise mais macro (que capta os textos como um todo complexo), previsivelmente permite contribuir para uma caracterização que julgamos interessante quer das propriedades de textos que se inscrevem no género comentário, quer dos valores que os tempos gramaticais evidenciam por se incluírem nesses textos.

Grammatical tenses contribute to the characterization of temporality that is present in different texts and discourses. This observation is the starting point of the reflection presented in this paper. Thus, based on texts that circulate with the label ‘commentary’, we propose to verify how linguistic marks (used in the different forms and constructions of those texts) contribute to a description of what is (or could be) a commentary. We start with the analysis of texts that are available in the corpus G&T.Comentaand we attempt to characterize the values of grammatical tenses in Portuguese, and the temporal locators that contribute to the construction of temporality in those texts. This approach allows for relating textual genres and types of discourse (Bronckart, 1997). The proposals developed within the scope of Sociodiscursive Interactionism will be followed as a guiding principle.To account in a sustainable way for the values that derive from the various grammatical tenses used in those texts, we will consider the proposals that were developed within the perspective of the Enunciative Formal Theory (Culioli 1995), among others. Based on this framework, it is assumed that the different values characterizing grammatical tenses derive from the interrelation between different grammatical categories such as aspect and modality.The relationships that can be established in the articulation between a micro analysis (centered on forms and constructions) and a macro analysis (which captures the text as a complex whole), will allow us to contribute to a characterization that we consider useful not only for defining properties of texts that are included in the commentary genre, but also for defining the values of grammatical tenses.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)239-261
Number of pages22
JournalLinguística - Revista de Estudos Linguísticos da Universidade do Porto
Volume1
Issue numbernº especial
DOIs
Publication statusPublished - 2022

Keywords

  • Types of discourse
  • Comment/commentary
  • Forms and constructions
  • Tenses
  • Textual genres

Cite this