Discursos técnico-científicos sobre energias renováveis em Portugal

Translated title of the contribution: Technical-scientific discourses on renewable energies in Portugal

Ana Delicado, Mónica TRUNINGER, Ana Horta, Elisabete Figueiredo, Luís Miguel de Sousa Silva, Susana Fonseca

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

As energias renováveis têm sido apontadas como cruciais não só para a mitigação das alterações climáticas mas também como panaceia para a dependência dos combustíveis fósseis em países que não os produzem, como Portugal. As respostas sociais a estas tecnologias são um fator essencial para a sua difusão e sucesso. Porém, a macrogeração de energias renováveis, designadamente, as centrais solares e eólicas, não produz apenas consensos, sendo igualmente alvo de crescentes controvérsias sociotécnicas, que tardaram
mas chegaram a Portugal. Veja-se o caso de resistências à instalação de centrais eólicas por parte de grupos de conservação da natureza e de populações locais.
Pretende-se então traçar uma imagem abrangente do debate em torno destas tecnologias, com base nas ações e discursos dos atores sociais envolvidos: políticos, decisores, empresas, ONG ambientais, outras organizações da sociedade civil, cientistas. Sob análise estarão os processos de desenvolvimento de políticas e incentivos, de planeamento e tomada de decisão sobre localizações específicas, de gestão de interesses e valores divergentes. Será prestada uma atenção particular ao recurso ao aconselhamento de peritos e ao uso de argumentação científica e ao tipo de participação dos cidadãos nos processos deliberativos. A metodologia escolhida para esta atividade é a análise documental e a entrevista a informantes privilegiados. Esta apresentação tem por base um projeto de investigação financiado pela FCT.

Renewable energies are seen as crucial for the mitigation of climate change but also as a solution for fossil fuel dependency in non-producing countries, such as Portugal. Social responses to these technologies are a crucial factor for their diffusion and success. However, macrogeneration of renewable energies, namely solar power plants and wind parks, engenders not only consensus but also an increasing number of socio-technical controversies that have also arisen, albeit later than in other countries, in Portugal. Such is the case of the resistance against the implantation of wind parks by environmental NGO and local populations. We seek to draw a wide picture of the debate surrounding these technologies, based on the actions and discourses of social actors implicated in these matters: politicians, policy makers, business companies, ENGO, other civil society organisations, scientists. Under analysis will be the procedures for developing policies and incentives, for planning and decision-making regarding specific locations, for managing diverging interests and values. Particular attention will be paid to the use of expert advice and scientific argumentation, as well as public participation in deliberative processes. The methodology includes document analysis and interviews. This presentation is based on a research project funded by the Portuguese Foundation for Science and Technology.
Translated title of the contributionTechnical-scientific discourses on renewable energies in Portugal
Original languagePortuguese
Title of host publicationVII Congresso Português de Sociologia
Subtitle of host publicationSociedade, Crise e Reconfigurações
EditorsManuel Carlos Silva, Ana Romão
Place of PublicationPorto
PublisherAssociação Portuguesa de Sociologia
Pages1-14
Number of pages14
ISBN (Print)978-989-97981-0-6
Publication statusPublished - Jun 2012

Keywords

  • Energias renováveis
  • Controvérsias
  • Tecnologia
  • Portugal
  • Renewable energies
  • Controversies
  • Technology

Fingerprint Dive into the research topics of 'Technical-scientific discourses on renewable energies in Portugal'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this