Sujeitos nulos: gramática do adulto, aquisição de L1 evariação dialetal

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Neste capítulo, descreve-se o estatuto do português europeu, comparativamente a outras línguas, relativamente ao parâmetro gramatical que legitima a omissão do sujeito em orações finitas. Pelas propriedades manifestadas, o português europeu padrão é caracterizado como uma língua de sujeito nulo clássica (ou consistente). Para além disso, apresenta diferenças interpretativas entre sujeitos nulos e sujeitos pronominais. São ainda referidos aspetos da aquisição desta propriedade que mostram que, embora as propriedades básicas das línguas de sujeito nulo sejam adquiridas cedo pelas crianças portuguesas, as diferenças interpretativas entre sujeitos nulos e sujeitos pronominais são de aquisição tardia. Finalmente, são referidos dados de variedades dialetais do português europeu, que mostram que estas variedades mantêm as propriedades características das línguas de sujeito nulo, apesar de, nalguns casos, haver um uso alargado de pronomes realizados.
Original languagePortuguese
Title of host publicationManual de Linguística Portuguesa
EditorsAna Maria Martins, Ernestina Carrilho
Place of PublicationBerlin, Boston
PublisherDE GRUYTER MOUTON
Pages558-580
Number of pages22
ISBN (Electronic)978-3-11-036884-0
ISBN (Print)978-3-11-037448-3
Publication statusPublished - 2016

Publication series

NameManuals of Romance Linguistics 16

Keywords

  • Sujeito nulo
  • Aquisição
  • Variação
  • Concordância
  • Pronome

Cite this

Lobo, M. (2016). Sujeitos nulos: gramática do adulto, aquisição de L1 evariação dialetal. In A. M. Martins, & E. Carrilho (Eds.), Manual de Linguística Portuguesa (pp. 558-580). (Manuals of Romance Linguistics 16). Berlin, Boston: DE GRUYTER MOUTON.