SIG e Modelação do Contributo da Infraestrutura Verde na Adaptação do Território às Alterações Climáticas

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

Abstract

Os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) constituem ferramentas fundamentais na modelação espacial dos serviços ecossistémicos, ou seja, na quantificação dos benefícios que o Homem obtém dos espaços não impermeabilizados do Território, o qual está sujeito a degradações que se pautam por uma cada vez maior celeridade de ocorrência.
Contrapondo estes problemas, a Infraestrutura Verde assume-se como uma rede espacial de áreas naturais e seminaturais com vista à provisão estratégica de serviços ecossistémicos, destacando-se, neste âmbito, o seu papel na adaptação das comunidades humanas aos impactos das alterações climáticas.
Assim sendo, este artigo apresenta uma abordagem conceptual e proposta metodológica que plasmam o modo como os SIG poderão contribuir e agilizar a modelação dos serviços ecossistémicos, os quais se propõem como indicadores primordiais de planeamento face à premência de reconhecimento em tempo útil da importância de implementação de uma estratégia territorial de adaptação às alterações climáticas por via da Infraestrutura Verde.
Original languagePortuguese
Title of host publicationValores da Geografia. Atas do X Congresso da Geografia Portuguesa
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação Portuguesa de Geografos
Pages323-328
ISBN (Print)978-989-99244-1-3
Publication statusPublished - 2015

Cite this