Educação sexual entre a escola e a família: afinidades difíceis de afinar

Translated title of the contribution: Sexual education between school and family: affinities difficult to adjust

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Escola pública e famílias são instituições onde, ora se articulam ora se litigam, valores, saberes e responsabilidades sobre a educação sexual dos jovens escolares. Apesar das políticas educativas apontarem resolutamente para uma dinâmica de articulação entre estas instituições, sur-gem frequentemente tensões, dilemas e controvérsias, que indiciam uma difícil articulação na concretização dos projetos de educação sexual na escola pública portuguesa. Neste sentido, o presente artigo tem por objetivo analisar e interpretar os argumentos esgrimidos por pais e professores sobre a quem compete coordenar, guiar e apoiar estas ações educativas. Com base neste objetivo, foi mobilizado um protocolo metodológico que envolve um conjunto diversificado de técnicas de recolha de dados: entrevistas; questionários; observação etnográfica e pesquisa documental. Em traços gerais, esta pesquisa empírica permite concluir que apesar das referidas tensões entre a escola e a família, uma lógica associada à proteção e ao bem-estar físico e emocional juvenil, presente nos programas de educação sexual escolar, é fundamental para encontrar sentidos de coordenação entre as duas instituições.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)101-115
Number of pages14
JournalRASE: Revista de la Asociación de Sociología de la Educación
Volume11
Issue number1
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • educação sexual
  • responsabilidade
  • escola
  • família
  • íntimo
  • público

Fingerprint Dive into the research topics of 'Sexual education between school and family: affinities difficult to adjust'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this