Ciência, Teoria Social Contemporânea E Educação

Translated title of the contribution: SCIENCE, CONTEMPORARY SOCIAL THEORY AND EDUCATION

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Os modelos científicos vigentes acabam por refletirem sempre nas práticas escolares, nas pedagogias dominantes, na educação. O objetivo principal deste ensaio é correlacionar os paradigmas científicos com os paradigmas pedagógicos e mostrar como, em parte, “somos filhos de Descartes”.
Foi com ele que aprendemos o que era a ciência, o método científico, no singular, e a objetividade como valor sagrado da ciência. Foi o seu Discurso do Método que marcou a ciência do século XX e, também, a pedagogia escolar e a educação em geral. Aprendemos a pensar com a cabeça e não com o coração; desumanizamos, desantropomorfizamos a ciência, o que teve efeitos diretos na educação, essencialmente durante toda a primeira metade do século XX. As Ciências da Educação são assim, a nosso ver, no seu início, mais filhas das ciências experimentais e naturais do que das próprias ciências humanas e sociais. De resto, também elas buscavam para si o estatuto de ciências, procurando generalizar o por vezes não generalizável; procurando leis em que imperam a especificidade e a idiossincrasia do humano. Então, o positivismo do século XIX e do início do século XX, que marca as Ciências Sociais e as Ciências da Educação, que se recusam a ser subjetivas, a serem simplesmente humanas, e, logo, não científicas, vigorou e vigora, ainda, na ciência e na educação.
Translated title of the contributionSCIENCE, CONTEMPORARY SOCIAL THEORY AND EDUCATION
Original languagePortuguese
Pages (from-to)9-29
JournalSignos
Volume36
Issue number1
Publication statusPublished - 2015

Fingerprint Dive into the research topics of 'SCIENCE, CONTEMPORARY SOCIAL THEORY AND EDUCATION'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this