Comunicação de Risco: Da Persuasão à Capacitação

Translated title of the contribution: Risk communication: From persuasion to empowerment

Isabel Abreu dos Santos, Lia Vasconcelos, Iva Pires

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

A emergência da temática da comunicação de risco na academia surge com a ocorrência de uma série de acidentes e catástrofes de origem humana (riscos tecnológicos) onde a ligação indústria, governo e pessoas gerou fortes controvérsias. Consistindo, no seu melhor, num diálogo construtivo entre todos os que estão envolvidos num determinado debate acerca do risco (Lofstedt, 2003), a comunicação de risco para ser bem-sucedida tem de considerar determinados fatores como as diferentes perceções de risco, o nível de confiança pública nos processos de gestão de risco e a comunicação de incertezas, associada à tomada de decisão. Neste artigo apresenta-se uma reflexão sobre a origem e evolução da comunicação de risco, baseada na análise e sistematização dos principais contributos da comunidade científica ao debate lançado por Kasperson (2014) sobre este tema nos últimos 30 anos. Daqui, percebe-se a tendência crescente da governância de risco, a necessidade de conceber e disponibilizar melhor informação sobre o risco e de construir confiança entre as partes, e a importância de uma metodologia de continuidade na comunicação de risco.
Translated title of the contributionRisk communication: From persuasion to empowerment
Original languagePortuguese
Pages (from-to)219-258
Number of pages39
JournalRevista de Direito e Segurança
Issue number11
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • comunicação de risco
  • perceção de risco
  • gestão de risco
  • confiança
  • tomada de decisão
  • governância de risco

Fingerprint Dive into the research topics of 'Risk communication: From persuasion to empowerment'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this