Riscos psicossociais: Estudo de caso no setor da construção

João Areosa, João Sequeira

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Os riscos psicossociais relacionados com o trabalho são uma das grandes ameaças para a saúde e segurança dos trabalhadores nos dias de hoje, em especial para aqueles que se encontram a laborar numa área que apresenta vários fatores desfavoráveis, como é exemplo o setor da construção civil e obras públicas. O presente artigo apresenta os resultados de um estudo empírico sobre riscos psicossociais, realizado numa empresa de construção civil e obras públicas, constituída por 16 departamentos e 485 trabalhadores. Pretende-se dar a conhecer uma realidade que para quem trabalha no setor poderá não ser surpreendente, mas, muitas vezes, será desvalorizada. Para avaliar os fatores de riscos psicossociais utilizou-se método FPSICO, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Seguridad e Higiene en el Trabajo (INSHT) de Espanha. Este método contém um conjunto de questões cuja finalidade é identificar os fatores demográficos e profissionais que levam à exposição ao risco.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)23-33
Number of pages11
JournalRevista Segurança Comportamental
Issue number13
Publication statusPublished - 2020

Cite this