Revisitando o secular: secularidades múltiplas e trajetórias para a modernidade

Monika Wohlrab-Sahr, Marian Burchardt, Jorge Botelho Moniz (Translator)

Research output: Contribution to journalArticle

1 Downloads (Pure)

Abstract

Os debates acadêmicos sobre a secularização e o secularismo atingiram um impasse infecundo. Os teóricos ortodoxos ou neo-ortodoxos da secularização insistem na universalidade epistemológica e na aplicabilidade universal de conceitos mais ou menos uniformes de secularização. Por contraste, as críticas pós-coloniais procuraram provincianizar a noção de secular, enfatizando sua origem ocidental e sua coimplicação com o Estado-nação, a violência e o colonialismo. Neste artigo, ocupamo-nos criticamente dessas abordagens e sugerimos, como perspectiva alternativa, o conceito de “secularidades múltiplas”. Se, por um lado, as abordagens universalista e pós-colonial tendem a dar forma e essência ao secular, nós pretendemos, por outro lado, historicizar e culturalizar a secularidade. Fazemo-lo argumentando que a secularidade se sustenta cultural e simbolicamente em formas de distinção entre as esferas e as práticas sociais religiosas e não religiosas e que as institucionalizações dessas distinções serviram como modo de lidar com diferentes problemas. Não obstante reconheça as historicidades particulares da secularidade, nossa
conceptualização liberta-a, de forma significativa, de suas associações singulares ao Ocidente e à modernidade.
Original languagePortuguese
Pages (from-to) 143-173
Number of pages30
JournalPolítica & Sociedade
Volume16
Issue number36
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Religião
  • Secularidade
  • Secularização
  • Secularismo
  • Modernidades múltiplas

Cite this