Representações digitais de mapas internos cognitivos através de tecnologias de informação geográfica

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Na ótica da perceção individual dos mapas (espaciais) internos cognitivos e considerando a sua relevância para o contributo do ordenamento, gestão e planeamento do território, as representações digitais com recurso a Tecnologias de Informação Geográfica desempenham um papel fundamental enquanto ferramenta para a aquisição, tratamento, análise e divulgação de dados obtidos por inquirição à sociedade civil. No âmbito do projeto “Bairros em Lisboa 2012” - promovido pelo Centro de Estudos de Arquitetura, Cidade e Território da Universidade Autónoma de Lisboa (CEACT/UAL), em parceria com o e-GEO, Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional da Universidade Nova de Lisboa, e o IHRU, Instituto para a Habitação e Reabilitação Urbana, pretendeu-se captar e compreender a espacialização do conceito de Bairro, através da sua configuração espacial e os seus principais fatores de delimitação, recorrendo a seis casos de estudo no município de Lisboa com diferentes características urbanas.
Original languageUnknown
Title of host publicationIX Congresso da Geografia Portuguesa
EditorsTeresa Pinto Correia, Virgínia Henriques E Rui Pedro Julião
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação POrtuguesa de Geógrafos
Pages138-143
ISBN (Print)978-972-99436-6-9
Publication statusPublished - 1 Jan 2013

Publication series

NameGeografia: Espaço, Natureza, Sociedade e Ciência
PublisherAssociação Portuguesa de Geógrafos

Cite this

Neves, B. M. A., Ramalhete, F., & Soares, N. H. P. (2013). Representações digitais de mapas internos cognitivos através de tecnologias de informação geográfica. In T. P. Correia, & V. H. E. R. P. Julião (Eds.), IX Congresso da Geografia Portuguesa (pp. 138-143). (Geografia: Espaço, Natureza, Sociedade e Ciência). Associação POrtuguesa de Geógrafos. https://drive.google.com/file/d/0B28AoluOJxFNbV9Dd3VHUERkcjQ/edit?usp=sharing