Reflexões em torno do teatro-música de Constança Capdeville

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

Constança Capdeville é a maior representante do teatro-música em Portugal. As suas composições vão além do musical, incluindo recursos extramusicais, como adereços, luzes, imagens, elementos teatrais e gravações em fita magnética. Esses recursos foram introduzidos nas suas obras, seja para estabelecer ambientes, estados emocionais ou para definir espaços. As obras de teatro-música de Capdeville, apesar de seu sucesso, também suscitaram reações controversas no público. Na perspetiva da compositora, a ópera e o concerto tradicional tinham terminado e, portanto, o conceito do palco deveria ser repensado. Capdeville referiu que, muitas vezes, teve que resolver esse problema criando os seus próprios palcos. Neste artigo, discutiremos o conceito de teatro-música no contexto da música contemporânea portuguesa e as suas influências nas composições de Capdeville.
Original languagePortuguese
Article number11
Pages (from-to)88-102
Number of pages14
JournalDramaturgias
Volume11
DOIs
Publication statusPublished - 30 Sep 2019

Keywords

  • Constanca Capdeville
  • Performance
  • Teatro-musica
  • Musica contemporanea Portuguesa
  • Music-theatre
  • Portuguese contemporary music

Cite this