Referências do Médio Oriente Antigo e do Egipto no mobiliário oitocentista

Beatriz Freitas

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

2 Downloads (Pure)

Abstract

No século XIX, a redecoração de algumas salas do Palácio de Queluz, residência permanente da família real desde 1794 até à partida para o Brasil, revela a influência da Antiguidade na Europa de oitocentos. Em conjunto com as descobertas arqueológicas, as expedições napoleónicas no Egipto e na Palestina resultaram na divulgação e incorporação de motivos antigos na arte.
Este estudo versa o mobiliário de estilo império presente no palácio, procurando compreender a relevância da utilização de motivos da Antiguidade num estilo artístico que pretendia sublinhar o domínio e a autoridade do poder régio. Assim, conseguiremos entender de que forma é que a receção da Antiguidade num período posterior contribuiu para a disseminação e desenvolvimento do conhecimento do Médio Oriente Antigo e do Egipto.
Original languagePortuguese
Title of host publicationEl Próximo Oriente antiguo y el Egipto faraónico en España y Portugal
Subtitle of host publicationviajeros, pioneros, coleccionistas, instituciones y recepción
EditorsLucía Brage Martínez, Juan-Luis Montero Fenolló
Place of PublicationBarcelona
PublisherEdicions de la Universitat de Barcelona
Pages395-405
Number of pages10
ISBN (Print)978-84-916-8419-0
Publication statusPublished - 2020
EventCongreso Internacional Antigüedades de Oriente Próximo y Egipto en España y Portugal: Viajeros, pioneros y coleccionistas - Museu de Zamora, Zamora, Spain
Duration: 27 Jun 201928 Jun 2019

Publication series

NameBarcino monographica orientalia
PublisherEdicions de la Universitat de Barcelona
Volume13

Conference

ConferenceCongreso Internacional Antigüedades de Oriente Próximo y Egipto en España y Portugal: Viajeros, pioneros y coleccionistas
CountrySpain
CityZamora
Period27/06/1928/06/19

Keywords

  • Palácio de Queluz
  • Estilo Império
  • séculos XVIII e XIX
  • Mobiliário

Cite this