Quando os sinos dobram: o assalto das (in)civilidades juvenis em viagens de finalistas do Ensino Secundário

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

O caso dos estudantes portugueses expulsos de um hotel de Torremolinos nestas férias pascais é o caso público de momento. É tratado como um escândalo. Da questão debatida os adolescentes e jovens envolvidos no caso são objeto de diversas formas de qualificação. A qualificação exercitada e projetada põe à prova os envolvimentos destes em público. O propósito desta comunicação é discutir o que traz o escândalo das (in)civilidades de adolescentes e jovens produzidas em uma viagem de finalistas na análise de duas questões: de um lado como estas se relacionam com o processo das suas provas em público; do outro lado percecionar as relações turbulentas entre a escola e a família no seu trabalho de socialização política pondo face a face as relações entre adultos e não adultos.
Original languagePortuguese
Title of host publicationFracturas sociales y educativas
Subtitle of host publicationdesafíos para la Sociología de la Educación Monografías & Aproximacións
EditorsLeopoldo Cabrera
Place of PublicationValencia
PublisherInstitut de Creativitat i Innovacions Educatives de la Universitat de Valencia
Chapter11
Pages152-169
Number of pages18
ISBN (Print)978-84-09-06760-2
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • (In) civilidades escolares
  • provas em público
  • declínio da Socialização Política da Escola e da Família
  • porta ao centro
  • a ponte omissa

Cite this