Projectos Editoriais e Propaganda: Imagens e Contra-Imagens no Estado Novo

F. Serra, Paula André (Editor/Coordinator), Sofia Leal Rodrigues (Editor/Coordinator)

Research output: Book/ReportBookpeer-review

Abstract

Projectos Editoriais e Propaganda. Imagens e Contra-Imagens no Estado Novo pretende trazer à discussão os «projectos editoriais» do período entre 1934 e 1974, entendidos quer enquanto materiais impressos autónomos na sua maioria com imagens fotográficas (livros, catálogos, guias de viagem, álbuns ou fotolivros), mas também numa concepção mais alargada. É o caso de revistas de longa duração, como a revista Panorama, ou a produção documental de divulgação de uma grande exposição, como as várias que o regime promoveu. Os projectos editoriais são pensados enquanto objectos de mediação entre o poder político e o campo cultural e enquanto propaganda política e arte, pois os seus autores – fotógrafos, pintores, poetas, realizadores, produtores e designers – criam discursos imagéticos próprios a fim de responderem a objectivos comunicacionais de massas, estabelecerem relações e estratégias conceptuais e gráficas, produzirem diferentes suportes e novas formas de editar, publicar e circular pelo público. Os projectos editoriais aqui analisados integram-se tanto na propaganda visual do regime como em oposição a ele, depois da Segunda Guerra Mundial, naquilo a que chamámos «contra-imagens».
Original languagePortuguese
Place of PublicationLisboa
PublisherImprensa de Ciências Sociais
Number of pages390
ISBN (Print)978-972-671-575-7
Publication statusPublished - May 2020

Cite this