Produção, consumo e comércio de alimentos entre os séculos II e III d.C. em Olisipo: contextos romanos da Casa dos Bicos, Lisboa (intervenção de 2010)

José Carlos Quaresma, Victor Filipe, Manuela Leitão, Rui Roberto de Almeida

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

21 Downloads (Pure)

Abstract

A intervenção arqueológica realizada na Casa dos Bicos (Lisboa) em 2010 enquadrou-se no âmbito do Projecto Integrado de Estudo e Valorização da “Cerca Velha “ de Lisboa, quando decorriam as obras de remodelação dos pisos superiores do edifício para a instalação da Fundação José Saramago.
Foram registados vários contextos de Época Romana que documentam uma intensa ocupação deste espaço, salientando-se os relativos à primeira unidade fabril de preparados piscícolas identificada na margem direita do Tejo, em 1981. Esta descoberta documenta, a par de outros complexos fabris registados entre a Casa dos Bicos e os quarteirões centrais da baixa pombalina, a grande importância do estuário do Tejo e da cidade de Olisipo na indústria de preparados de peixe durante o domínio romano. Destacam-se de igual forma os dados obtidos em relação à muralha tardia romana.
Com este trabalho pretende-se apresentar essas realidades, centradas na transição do século II para o século III d.C., com destaque para o estudo das ânforas e das cerâmicas finas, importante via para a obtenção de cronologias e percepção das questões relacionadas com a produção, consumo e comércio de alimentos na cidade romana de Olisipo entre meados do século II e o século III d.C..
Original languagePortuguese
Title of host publicationAmphorae ex Hispania
Subtitle of host publicationpaisajes de producción y consumo
EditorsP. Berni, R. Járrega
Place of PublicationTarragona
PublisherInstituto Catalán de Arqueología Clásica (ICAC)
Pages423-445
Number of pages22
ISBN (Print)978-84-942034-6-6
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Olisipo
  • Área Ribeirinha
  • Estratigrafia
  • Evolução das importações

Cite this