Processo de extracção, separação e purificação do corante natural contido na casca de maracujá preto

Research output: PatentNational Final Application

Abstract

O presente invento descreve o método usado para obter um extracto colorido a partir da casca de maracujá preto e para isolar e purificar o corante presente nesse extracto. O corante no extracto é a cianidina 3-glucósido (nº 2716, índice merck 13ª ed.) Um fitoquímico com utilização laboratorial. O corante pertence à família das antocianinas, espécies moleculares usadas em aditivos colorantes na indústria alimentar e em cosmética. Atribuem-se também às antocianinas propriedades antioxidantes relevantes para a saúde humana. O extracto alcoólico filtrado após maceração da casca em etanol (1) é concentrado por evaporação, obtendo-se um extracto concentrado em meio aquoso (2) , que é submetido a um passo separativo de cromatografia de exclusão molecular, obtendo-se uma fracção (3) contendo a forma monomérica do corante. A fracção (3) é purificada por cromatografia de fase reversa, obtendo-se uma fracção (4) com o corante monomérico purificado a mais de 95%. A liofilização da fracção (4) origina o corante purificado em partículas sólidas (5).

Original languagePortuguese
Patent numberPT103639
IPCC09B 61/ 00 A I, B01D11/02
Priority date17/01/07
Filing date17/01/07
Publication statusPublished - 31 Jul 2008

Cite this