Princípios básicos para a conceção de estruturas de edifícios em zonas sísmicas

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

210 Downloads (Pure)

Abstract

Um projeto estrutural adequado é fundamental para que a satisfação dos requisitos fundamentais de uma estrutura sejam alcançados sob a ação de um sismo. Como é bem conhecido, o projeto de uma estrutura inclui três fases distintas, nomeadamente a conceção estrutural, a análise (cálculo de efeitos das ações, tendo também em consideração a ação sísmica) e o dimensionamento – verificação. A experiência baseada na história da engenharia sísmica e a experiência recente sobre o comportamento das estruturas de betão armado mostrou que, apesar da enorme evolução dos meios informáticos, a satisfação dos requisitos fundamentais do projeto sísmico não pode ser alcançada diretamente por meio de cálculos, tendo-se verificado que a observância de alguns conceitos básicos de projeto é mais importante. Este capítulo enfatizará a grande importância da primeira etapa do projeto, a chamada, conceção estrutural. Ou seja, cada análise tem que ser feita de acordo com uma conceção estrutural pré-concebida; várias decisões deverão ser tomadas a priori, antes de qualquer procedimento analítico, como por exemplo, minimizar incertezas relacionadas com a resposta sísmica da estrutura.
Original languagePortuguese
Title of host publicationEstruturas Pré-Moldadas no Mundo. Aplicações e Comportamento Estrutural
Place of PublicationBrasil
PublisherFundação da Faculdade de Ciência e Tecnologias da Universidade NOVA de Lisboa
Pages227-248
ISBN (Print)978-989-97721-1-3
Publication statusPublished - 2012

Cite this

Rodrigues, C. C., Lúcio, V. J. D. G., & Tsoukantas, S. (2012). Princípios básicos para a conceção de estruturas de edifícios em zonas sísmicas. In Estruturas Pré-Moldadas no Mundo. Aplicações e Comportamento Estrutural (pp. 227-248). Brasil: Fundação da Faculdade de Ciência e Tecnologias da Universidade NOVA de Lisboa.