Informação Televisiva de Prime Time e Estratégias de Comunicação em Tempo de Pandemia

Translated title of the contribution: Prime time television news and communication strategies in pandemic times

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

Abstract

A pandemia de covid-19, declarada pela Organização Mundial de Saúde a 11 de março de 2020, teve um impacto imediato no quotidiano das sociedades globalizadas. No ocidente,
a doença desafiou a democracia e as liberdades individuais e cívicas, ao mesmo tempo que demonstrou a centralidade do Estado e dos governos na gestão da crise. Para a concretização
das orientações emanadas pelos responsáveis políticos, foram centrais as estratégias e dispositivos comunicacionais de executivos governamentais e autoridades sanitárias, assim como a sua capacidade para influenciar a agenda dos media dominantes. Este artigo objetiva refletir sobre as estratégias de comunicação utilizadas pelo governo português na gestão da crise e os seus reflexos na cobertura jornalística televisiva, analisada a partir de um estudo empírico que incide sobre os 3 primeiros meses da propagação do vírus em Portugal. Utiliza-se uma metodologia de análise de conteúdo, quantitativa e qualitativa, com base em categorias unívocas pré-determinadas sistematizadas no programa Excel. Inicia-se a exposição apresentando alguns elementos de enquadramento político, social e comunicacional que envolvem o desenrolar da pandemia ao longo do ano de 2020, no mundo e em Portugal. Em seguida, sintetizam-se tendências e estratégias de comunicação de organizações internacionais e nacionais. Por fim, os resultados da análise empírica são apresentados, discutidos e interpretados da perspetiva das estratégias de comunicação das instituições de saúde pública sobre a cobertura jornalística da pandemia.

The covid-19 pandemic, declared by the World Health Organisation on 11 March 2020, had an immediate impact on the daily life of globalised societies. In the west, the virus has
defied democracy and individual freedoms while demonstrating the centrality of the State and governments in managing the crisis. Communication strategies of governments and health authorities and their ability to influence mainstream media agendas were paramount in the deployment of public health restrictions and guidelines. This paper reflects on the communication strategies used by the Portuguese government during the covid-19 crisis and on their impacts on television coverage. This study was based on an empirical analysis of the first 3 months of the pandemic in Portugal by using a quantitative and qualitative assessment of news content and pre-determined systematised univocal categories. We start by presenting the global and national
political, social and communicational frameworks in 2020, followed by a summary of trends and communication strategies of national and international organisations. The results are presented, discussed and interpreted from the point of view of the media coverage and communication strategies used by political and health authorities.
Translated title of the contributionPrime time television news and communication strategies in pandemic times
Original languagePortuguese
Pages (from-to)33-52
Number of pages20
JournalComunicação e Sociedade
Issue number40
DOIs
Publication statusPublished - 2021

Keywords

  • Cobertura televisiva da pandemia
  • Comunicação de saúde pública
  • Covid-19
  • Portugal
  • Jornalismo
  • Television coverage of the pandemic
  • Public health communication
  • Journalism

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Prime time television news and communication strategies in pandemic times'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this