Portugal e a OIT: cem anos de história

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapterpeer-review

1 Downloads (Pure)

Abstract

Portugal é membro fundador da Organização Internacional do Trabalho (1919). Ao longo destes cem anos, e tomando por base as convenções internacionais do trabalho e a sua apropriação (ou não), por parte do ordenamento jurídico português, distinguem-se quatro períodos nas relações entre Portugal e a OIT, fortemente marcados pela natureza dos regimes políticos que se sucederam no país e também pelas suas condicionantes socioeconómicas. Primeiro, um período de aproximação durante a Primeira República (1919-1933); seguido de um período de fechamento e indiferença em relação à OIT durante as décadas de 1930 e 1940; a partir de meados da década de 1950, um intenso processo de reaproximação até à queda do regime em 1974; finalmente, um longo período de colaboração, que coincide com o regime democrático (1974-2019).
Original languagePortuguese
Title of host publicationDa escravidão ao trabalho digno
Subtitle of host publicationnos 150 anos da abolição da escravidão em Portugal e nos 100 anos de criação da OIT
Place of PublicationLisboa
PublisherGabinete de Estratégia e Planeamento do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social
Pages163-175
Number of pages13
ISBN (Print)978-972-704-448-1
Publication statusPublished - 2021

Publication series

NameCadernos Sociedade e Trabalho
Number21

Cite this