Portugal como Estado-Pivô ecuménico da União Europeia: o caso das cimeiras internacionais nas presidências portuguesas

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

9 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo desenvolve uma análise sobre o impacto do padrão histó- rico ecuménico da política externa portuguesa nas relações externas da União Europeia (UE). O seu principal objetivo é identificar a influência de Portugal no desenvolvimento das rela- ções externas da UE, designadamente na realização de cimeiras internacio- nais no quadro das presidências por- tuguesas da UE. O artigo está estruturado em duas partes principais. Em primeiro lugar, o artigo realiza uma teorização sobre o papel de Por- tugal como Estado-Pivô das relações externas da UE, sublinhando as carac- terísticas identitárias e normativas da política externa portuguesa atual. Em segundo lugar, o artigo apresenta uma análise sobre o papel de Portugal na organização de cimeiras internacio- nais. O seu principal argumento é relativo à explicitação do contributo que Portugal pode dar à UE ao nível da política externa europeia, designada- mente na sofisticação das relações externas da UE e da sua imagem inter- nacional.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)59-76
Number of pages18
JournalR:I / Relações Internacionais
Volume68
Publication statusPublished - 2020

Cite this