Portugal and the Allies’: os Britânicos e a Participação de Portugal na Primeira Grande Guerra

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

38 Downloads (Pure)

Abstract

Desde cedo se percebeu que a eventual intervenção de Portugal na Primeira Grande Guerra iria originar sérias polémicas tanto no plano interno como no tocante às relações exteriores. O presente artigo visa debruçar-se sobretudo nos problemas externos, os quais se prendiam com contendas com a Grã-Bretanha que remontavam à política de tratados iniciada logo após o Ultimatum de Janeiro de 1890. Se, por um lado, o sentimento de hostilidade para com a Alemanha era generalizado, por outro, alguns observadores políticos tinham dúvidas quanto à posição que Portugal deveria adoptar face ao conflito na Europa: a beligerância activa ou a neutralidade expectante? Em qualquer caso, tornava-se óbvio que a política externa da República se encontrava totalmente dependente de Londres. Neste contexto, a comunicação proposta centrar-se-á na análise e na discussão de testemunhos de intelectuais britânicos que apresentaram as suas curiosas posições face à entrada na Guerra do “pequeno aliado”, Portugal, ao lado da “todo-poderosa” Grã-Bretanha.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)173-190
JournalMátria Digital
Issue number4
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • Primeira Grande Guerra
  • Grã-Bretanha
  • Portugal
  • Política Externa

Cite this