Polêmica e argumentação: Interfaces possíveis em textos mediáticos de natureza política

Rosalice Botelho Wakim Souza Pinto, Mônica Cávalcante, Mariza Angélica Paiva Brito

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

82 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo, centrado essencialmente numa perspetiva sociocognitivo-discursiva para o estudo da argumentação em textos, visa refletir sobre as formas como a polêmica (Charaudeau, 2017; Amossy, 2017) em sua vertente argumentativa se materializa em textos midiáticos de natureza política. Para atingir tal objetivo, são selecionados exemplares de textos de natureza opinativa em circulação nos media brasileiros sobre a destituição do Presidente da República atual do Brasil: Michel Temer. Estudos preliminares atestam a relevância das categorias analíticas da Linguística Textual para que se analisem os procedimentos argumentativos ou estratégias argumentativas (AMOSSY, 2017) presentes em textos de natureza polémica. Defende-se aqui que a Linguística Textual, ao considerar os interlocutores verdadeiros agentes sociais, pode vir a considerar a existência de dois tipos de persuasão que podem até ser concomitantes nas interações verbais: o da “retórica do acordo” e o da “retórica do dissenso”, podendo a polémica vir a estar associada a uma ou a outra.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)5-24
Number of pages19
JournalDiacrítica: Série Ciências da Literatura
Volume32
Issue number1
DOIs
Publication statusPublished - 28 Nov 2018

Keywords

  • polémica
  • linguística textual
  • discurso
  • argumentação
  • categorias linguísticas

Cite this