Planeamento em regiões estuarinas em contexto de alterações climáticas: Análise comparativa dos casos de Portugal e África do Sul

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

29 Downloads (Pure)

Abstract

As zonas costeiras e, em particular, as regiões estuarinas apresentam-se particularmente suscetíveis aos efeitos das alterações climáticas, com destaque para os efeitos decorrentes da subida do nível médio do mar. Algo que coloca um conjunto de novos e complexos desafios em diferentes domínios, nomeadamente às políticas de ordenamento e planeamento do território. Neste contexto, procede-se a uma análise comparativa da abordagem dos instrumentos de gestão territorial com incidências em regiões estuarinas tendo por base os casos de Portugal (estuário do Tejo) e de África do Sul (estuário do Breede). Uma análise que permitiu identificar as seguintes orientações/boas práticas passíveis de transposição para Portugal: adoção de um pacote legislativo que estabelece um quadro de referência preciso para a elaboração de planos de estuário; determinação de zonas de proteção que visam garantir a resiliência territorial face aos efeitos das alterações climáticas; adoção de metodologias de participação que
garantem uma efetiva participação dos stakeholders.
Original languagePortuguese
Title of host publicationXI Congresso da Geografia Portuguesa, As dimensões e a responsabilidade social da Geografia
Subtitle of host publicationLivro de Atas
EditorsTeresa Sá Marques, José Alberto Rio Fernandes, José Teixeira, Patrícia Abrantes, Fátima Matos, Laura Soares
Place of PublicationPortugal
PublisherFaculdade de Letras da Universidade do Porto / Associação Portuguesa de Geógrafos
Pages281-284
Number of pages4
ISBN (Print)978-989-54030-2-8
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Alterações climáticas
  • Estratégias de adaptação
  • Estuário do Tejo
  • África do Sul
  • Planos de Ordenamento de Estuário

Cite this