Perfil criminal das mulheres presas que trabalham em uma Cooperativa no Centro de Recuperação Feminino do município de Ananindeua-Pará

Ildean Lopes Lima, Edson Marcos Leal Soares Ramos, Vanessa Ferreira Monteiro, Mónica Freitas, Maria Teresa Oliveira Cabral

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

9 Downloads (Pure)

Abstract

Importância: A vida em sociedade requer que as regras sociais sejam aceitas e cumpridas pelos indivíduos. Com isso, resta ao sistema penitenciário a complexidade de exercer o controle social dos desviantes e depois reintegrá-los socialmente. Objetivo: nesse sentido, este estudo teve como objetivo analisar o perfil das mulheres encarceradas que voluntariamente estão inseridas em atividades laborativas na Cooperativa Social de Trabalho Arte Feminina Empreendora, e as principais práticas criminosas que as levaram à prisão. A Cooperativa está sediada dentro do Centro de Recuperação Feminino no município de Ananindeua-Pará, região metropolitana de Belém, e é a primeira cooperativa formada exclusivamente por mulheres presas no Brasil. Metodologia: Para tanto, utilizou-se um estudo exploratório e descritivo com abordagem quantitativa para análise e exposição dos dados de todas as vinte e três mulheres que trabalham na cooperativa, disponibilizados pela Superintendência do Sistema Penitenciário do estado do Pará. Resultados: Observou-se como principais resultados que as internas possuem em média 37 anos de idade, são da cor/etnia parda, a maior parte são naturais do interior do estado e cometeram o crime de tráfico de entorpecentes. Conclusão: Sendo possível concluir, com base nos resultados observados e na bibliografia estudada que o tipo de trabalho prisional, voltado para a autogestão na obtenção de renda, pode se tornar uma oportunidade para essas mulheres recomeçarem a vida pós-cárcere e serem inseridas no mercado de trabalho após o cumprimento da pena.
Original languagePortuguese
Title of host publicationSegurança e Defesa
Subtitle of host publicationcidade, criminalidade, tecnologia e diversidade
EditorsEdson Marcos Leal Soares Ramos, Ivone Freire Costa, Sônia Cristina Lima Chaves, André Luiz Nunes Zogahib, Maria Regina Lopes Gomes, Edgard Vinicius Cacho Zanette, Fernandina Lopes Fernandes, Silvia dos Santos de Almeida, Leonardo Naves dos Reis, Humberto Ribeiro Junior
Place of PublicationPraia–Cabo Verde
PublisherUniversidade de Cabo Verde
Pages57-68
Number of pages11
Volume4
ISBN (Print)978-989-8707-60-4
Publication statusPublished - 2019

Keywords

  • Mulheres encarceradas
  • Trabalho prisional
  • Tráfico de entropecentes

Cite this