Perceval, o grande jogador de Logres

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

7 Downloads (Pure)

Abstract

Perceval é o herói arturiano mais frequentemente associado a uma imagem de
pureza e ingenuidade. Contudo, é aquele que mais contribui para a articulação lógica do ciclo arturiano. Através dos textos, verificamos o seu papel como jogador que aprende as regras da estrutura interna, na qual tem de se mover para conquistar um lugar de destaque e, em última instância, ajudar o reino de Artur.
Para além de conhecer a dinâmica do “jogo”, contrariamente a outros heróis,
Perceval posiciona-se relativamente aos seus adversários (em particular Gauvain),
coopera com o grupo a que pertence (o reino de Logres), procura alcançar o propósito da sua investidura, e retira-se da cena arturiana, cedendo o lugar a Galaad, quando verifica a hipótese da sua derrota. Perceval é o herói que, ao longo dos textos (desde Chrétien de Troyes, no episódio das perguntas no castelo do Rei Pescador, ao jogo de xadrez do Didot-Perceval), é confrontado com momentos claramente identificados com provas que se prendem com significações inerentes à transposição de nível na totalidade do jogo. Perceval não entra no jogo arturiano como mera forma de entretenimento. O seu papel de jogador liga-se a uma estrutura mais vasta e complexa.
Original languagePortuguese
Title of host publicationO Jogo do Mundo
EditorsMargarida Alpalhão, Carlos Carreto, Isabel Dias
Place of PublicationLisboa
PublisherIELT
Pages169-186
Number of pages17
ISBN (Electronic)978-989-99761-8-4
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Matéria da Bretanha
  • Perceval
  • Chrétien de Troyes
  • Didot-Perceval
  • Textos arturianos
  • Século XIII
  • Herói

Cite this