Perceptions of portuguese family health care teams regarding the expansion of nurses’ scope of practice = Perceções de equipas de saúde familiar portuguesas sobre o alargamento do campo de exercício da enfermagem

G Dussault, MAFB Temido , I Craveiro

Research output: Contribution to journalArticle

Abstract

Theoretical framework: Expanding primary health care nurses’ scope of practice is a strategy that has been used in various health systems to good advantage. Its feasibility depends on the health professionals’ consensus as to its suitability.
Objectives: To find out the perceptions of Portuguese family health care teams regarding the expansion of primary care nurses’ scope of practice.
Methodology: Focus groups.
Results: The team perception is that citizen expectations, the shortage of nurses and the need for specific training are the main issues to be faced. The teams discussed various roles that the nursing profession could take on in Primary Health Care (PHC) via a work reorganisation included in the regulatory framework.
Conclusion: The assignment of wider clinical roles to PHC nurses is not unanimously approved of, since it is perceived by some doctors and nurses as inappropriate and unfair. Some health care teams expressed their willingness to take part in this option, due to its potential contribution to improving the response to care needs not currently being met.

Enquadramento: O alargamento do campo de exercício do enfermeiro de cuidados primários tem constituído uma estratégia utilizada em diversos sistemas de saúde com ganhos conhecidos. A sua exequibilidade depende do consenso dos profissionais de saúde sobre a sua adequação.
Objetivos: Conhecer as perceções de equipas de saúde familiar portuguesas sobre o alargamento do campo de exercício do enfermeiro de cuidados primários.
Metodologia: Grupos focais.
Resultados: Na perceção das equipas, as expetativas dos cidadãos, a escassez de enfermeiros e a necessidade de formação específica são os principais problemas a enfrentar. As equipas discutiram vários papéis que a profissão de enfermagem poderia assumir em Cuidados de Saúde Primários (CSP), mediante uma reorganização do trabalho, enquadrada normativamente.
Conclusão: A atribuição de papéis clínicos mais vastos ao enfermeiro de CSP não reúne unanimidade, por ser percebida, por alguns médicos e enfermeiros, como desajustada e iníqua. Algumas equipas de saúde manifestaram disponibilidade para aderir a esta opção, face ao seu potencial contributo para melhorar a resposta a necessidades assistenciais atualmente não satisfeitas.
Original languageEnglish
Pages (from-to)75-85
Number of pages12
JournalRevista de Enfermagem Referência
VolumeIV
Issue numbern.º 6
DOIs
Publication statusPublished - 2015

Keywords

  • Primary health care
  • Advanced nursing practice
  • Perception
  • Patient care team
  • Atenção primária à saúde
  • Prática avançada de enfermagem
  • Percepção
  • Equipe de assistência ao paciente

Fingerprint Dive into the research topics of 'Perceptions of portuguese family health care teams regarding the expansion of nurses’ scope of practice = Perceções de equipas de saúde familiar portuguesas sobre o alargamento do campo de exercício da enfermagem'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this