Pensando sobre tradição, religião e política no Egito contemporâneo

Talal Asad, Jorge Botelho Moniz (Translator)

Research output: Contribution to journalArticle

2 Downloads (Pure)

Abstract

Neste trabalho, Talal Asad reflete sobre a política no Egito contemporâneo e sua relação coma tradição islâmica. Tendo como pano de fundo a revolução egípcia de janeiro de 2011 e seusacontecimentos ulteriores, nomeadamente a hostilidade contra a Irmandade Muçulmana e seusapoiantes, o antropólogo olha não só para as imbricações entre a perspectiva secular moderna eo islã, mas essencialmente para os aspectos dessa tradição religiosa que, segundo os secularistas,são incompatíveis com o Estado soberano moderno. Assumindo uma posição crítica no queconcerne à prática e ao discurso modernos – que visam enfraquecer a tradição islâmica –, Asadexplora as possibilidades de reintegração dessa tradição no caminho democrático egípcio pós2011,mas usando-o apenas como modelo de como os Estados liberais podem beneficiar de umtipo de corporização de costumes e princípios éticos oferecidos pela tradição.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)347-402
Number of pages55
JournalPolítica & Sociedade
Volume16
Issue number36
Publication statusPublished - 2017

Keywords

  • Tradição
  • Religião
  • Política
  • Egito

Cite this