Investigação e inovação em segurança do doente

Translated title of the contribution: patient safety research and innovation

Research output: Contribution to journalArticle

17 Downloads (Pure)

Abstract

RESUMO - As questões relacionadas com a Segurança do Doente, e em particular, com a ocorrência de eventos adversos têm constituído, de há uns tempos a esta parte, uma crescente preocupação para as organizações de saúde, para os decisores políticos, para os profissionais de saúde e para os doentes/utentes e suas famílias. Mais recentemente, tem-se assistido a um movimento crescente no sentido de valorizar a investigação na área da segurança do doente e, também, na necessidade de desenvolver e avaliar o impacte de soluções inovadoras que possam acrescentar valor em termos de ganhos clínicos, sociais e económicos. De entre os temas prioritários na investigação em segurança do doente destacam-se: i) o conhecimento epidemiológico (frequência, causas, tipologia e impacte) dos eventos adversos e ii) o desenvolvimento, implementação e avaliação de soluções inovadoras. O objectivo subjacente a essas duas linhas de investigação consiste em obter conhecimento que possibilite a diminuição do risco e consequentemente potenciar a segurança do doente e, simultaneamente, com base na transferência desse conhecimento monitorizar acções de melhoria e apoiar as tomadas de decisão (política e clínica) a nível local, regional, nacional e internacional. Neste artigo são destacadas três questões que se afiguram essenciais para a investigação em segurança do doente: i) a organização das diversas iniciativas de investigação em segurança do doente; ii) a identificação das áreas/temas prioritários para a investigação em segurança do doente; e iii) as abordagens metodológicas (paradigmas; métodos e técnicas) que devem ser privilegiadas, bem como alguns dos critérios que devem estar nessa base de decisão. Paralelamente, pretende-se ainda fazer referência, de forma sucinta, a alguns exemplos de soluções inovadoras que têm sido desenvolvidos e aplicados na prática do dia-a-dia nos serviços de saúde.

ABSTRACT - Despite improvements in healthcare interventions, issues relating to Patient Safety, and in particular to the occurrence of adverse events have constituted, for some time, a growing concern for healthcare organizations, policy makers, health professionals and for patients and their families. More recently, there has been a growing movement towards enhancing research on patient safety and also the need to develop and evaluate the impact of innovative solutions that can add value in terms of clinical, social and economic gains. Among others the priority topics for research in patient safety are: i) knowledge of epidemiology (frequency, causes, types and impact) of adverse events and ii) the development, implementation and evaluation of innovative solutions. The purpose behind these two lines of research is to gain knowledge that enables the reduction of risk and therefore enhance patient safety, and simultaneously, based on the translation of this knowledge, improve and support decision-making (policy and clinical) locally, regionally, nationally and internationally. In this article three issues that are essential for patient safety research are highlighted: i) the organization of various patient safety research initiatives; ii) the identification of areas/priorities for research on patient safety, and iii) the methodological approaches (paradigms, methods and techniques) that should be privileged as well as some of the criteria which support that decision. In parallel, the intention is still to refer briefly to some examples of innovative solutions that have been developed and applied in the daily practice of health care services.

Translated title of the contributionpatient safety research and innovation
Original languagePortuguese
Pages (from-to)89-95
JournalRevista Portuguesa de Saúde Pública
VolumeVolume temático
Issue number10
Publication statusPublished - 1 Jan 2010

Fingerprint Dive into the research topics of 'patient safety research and innovation'. Together they form a unique fingerprint.

  • Cite this