PARTICIPAÇÃO PÚBLICA ACTIVA para uma responsabilidade Coletiva na Gestão da Água

Research output: Contribution to conferenceAbstract

Abstract

A Diretiva Quadro da Água defende uma gestão participada para a gestão dos recursos hídricos com um envolvimento direto dos utilizadores nos processos de decisão visando uma co-gestão coletiva deste recurso. Promover o envolvimento ativo das partes interessadas, pressupõe novos formatos metodológicos que assegurem a apropriação do processo pelo coletivo, bem como a sua co-responsabilização face ao recurso. Para isso os atores-chave devem ser encorajado e enquadrados para que contribuam diretamente para a preparação dos planos de gestão de bacia hidrográfica. Este tipo de participação pública vai para além do mero processo de informação/consulta pública, pois exige maior interatividade e deliberação entre as diferentes instituições públicas/ privadas, organizações da sociedade civil e cidadãos interessados.

Nesta comunicação, explicita-se o processo participativo desenvolvido para o Plano de Gestão do Tejo, promovendo interação e sinergias, e alerta-se os especialistas para as novas exigências que se colocam no desenvolvimento deste tipo de metodologias participativas.
Original languagePortuguese
Publication statusPublished - 2015
EventXII Congresso Luso-Afro-Brasileiro (CONLAB) /1º Congresso Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa: GT65: Água para Todos: a Governança Participada como Experimentação Coletiva - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - UNL, Lisboa, Portugal
Duration: 1 Feb 20155 Oct 2015

Conference

ConferenceXII Congresso Luso-Afro-Brasileiro (CONLAB) /1º Congresso Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa
CountryPortugal
CityLisboa
Period1/02/155/10/15

Keywords

  • Participação Pública Ativa
  • Stakeholders
  • Cidadania
  • Governância
  • Gestão de Recursos Hídricos

Cite this