Para uma história do jornalismo iconográfico em Portugal: Das Origens a 1926

Research output: Book/ReportBook

Abstract

Este livro é dedicado à história do jornalismo iconográfico em Portugal. Exclui, portanto, o que se passou noutros países, excetuando informações de contexto.
Por jornalismo, considerámos, genericamente, a atividade de produção e difusão pública de informações e opiniões pelos meios de comunicação social. A investigação circunscreveu‐se, no entanto, à imprensa generalista1. Abordámos o jornalismo, com pragmatismo, tendo em conta o que era encarado como jornalismo ao longo do tempo histórico. Também aplicámos o conceito aos fenómenos que, antes de se ter começado a falar de jornalismo, podem ser vistos como formas de jornalismo, pela aplicação de um critério de semelhança.
Considerámos que esse enquadramento diminui os riscos de a‐historicidade na narração reconstrutiva do tempo histórico. Não fizemos depender, pois, a classificação de um fenómeno como jornalístico da existência de jornalistas profissionais, da massificação da imprensa ou de outros critérios, embora reconheçamos que os historiadores do jornalismo têm posições diferentes sobre o momento histórico em que se pode identificar a existência desta atividade de comunicação social e, em consequência, sobre o momento em que se pode identificar um fenómeno como jornalístico.
Original languagePortuguese
Place of PublicationLisboa
PublisherICNOVA – Instituto de Comunicação da Nova
Number of pages384
ISBN (Electronic)978-989-9048-01-0
ISBN (Print)978-989-9048-00-3
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • Jornalismo Iconográfico
  • Portugal
  • 1926

Cite this