Os militares do concelho de Loulé nos campos de prisioneiros alemães na I Guerra Mundial

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

Abstract

A 1 de Agosto de 1914, irrompia a guerra. Desde desta data que os intervencionistas, designadamente o Partido Democrático, defenderam a participação no conflito. Conseguirão os seus propósitos. A 9 de Março de 1916, a Alemanha declara guerra a Portugal. Constituir-se-á o Corpo Expedicionário Português (CEP). Nele se integrarão os militares do concelho de Loulé. A partir das ofensivas alemãs de Março, mas principalmente com a de 9 de Abril de 1918, seriam capturados e, posteriormente, internados em campos de prisioneiros alemães dezenas de militares do concelho. Desejamos dá-los a conhecer e assim perpetuar a sua memória. Talvez fiquem ainda outros no pó dos arquivos. O capitão Francisco José de Barros foi o único louletano, que saibamos, que nos transmitiu as memórias da sua abalada para a guerra, da batalha de La Lys, da sua prisão e dos dias amargos vividos no campo de Breesen.
Original languagePortuguese
Title of host publicationII Encontro de História de Loulé
EditorsNelson Vaquinhas
Place of PublicationLoulé
PublisherCâmara Municipal de Loulé - Arquivo Municipal
Pages187-209
Number of pages23
ISBN (Print)978-989-8978-03-5
Publication statusPublished - 2019
EventII Encontro de História de Loulé - Museu de Loulé, Loulé, Portugal
Duration: 31 Aug 20181 Sep 2018
http://www.cm-loule.pt/pt/menu/1528/ii-encontro-de-historia.aspx#prettyPhoto

Conference

ConferenceII Encontro de História de Loulé
CountryPortugal
CityLoulé
Period31/08/181/09/18
Internet address

Keywords

  • Algarve
  • Primeira Guerra Mundial
  • Prisioneiros
  • Loulé

Cite this