Organizações e Meio Envolvente: o caso do Policiamento de Proximidade

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contribution

295 Downloads (Pure)

Abstract

O ‘policiamento de proximidade’ não é apenas uma prática de policiamento diferente ou alternativo mas sim toda uma alteração do paradigma de actuação e de uma organização na sua relação com o meio envolvente. Sendo um conceito já bastante desenvolvido tanto na Europa como nos Estados Unidos da América, foi em 2006 que a PSP implementou o Programa Integrado de Policiamento de Proximidade que, para além de tudo o que uma lógica deste tipo implica, integra programas específicos já em curso. No estudo de acompanhamento e avaliação deste projecto-piloto realizado pela FCSH/SociNovaCesNova procurou-se, na lógica da Sociologia das Organizações, avaliar, por um lado, a perspectiva da população relativamente à sua percepção da segurança, do policiamento e dos resultados da actividade policial e, por outro, a dos agentes sobre a forma como se relacionam com a população e com a estrutura em que se inserem. Tendo sido um estudo realizado em duas fases, tentou-se, num primeiro momento, perceber a receptividade da população e dos agentes a esta nova lógica e, num segundo momento (cerca de um ano depois), levar a cabo um esforço de avaliação dos resultados desta prática.
Original languagePortuguese
Title of host publicationVI Congresso Português de Sociologia
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação Portuguesa de Sociologia
Chapter659
Pages1-13
Number of pages12
ISBN (Print)978-972-95945-4-0
Publication statusPublished - 2008

Keywords

  • Sociologia das Organizações
  • Policiamento de Proximidade;
  • Cultura Organizacional
  • Segurança

Cite this