Operacionalização de sistemas urbanos policêntricos: o Centro Urbano Regional Sines/Vila Nova de Santo André/ Santiago do Cacém

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingConference contributionpeer-review

Abstract

Os sistemas urbanos policêntricos são apontados como alicerces da equidade e da coesão socio-territorial. O artigo aborda as contradições entre os objetivos estratégicos definidos para o sistema urbano português em diferentes programas e planos (PNPOT, POLIS XXI, PROT) e a capacidade da sua concretização, exemplificando com as dificuldades de operacionalização do Centro Urbano Regional Sines/Vila Nova de Santo André/ Santiago do Cacém proposto pelo PROT Alentejo. Este CUR é apontado como indutor de desenvolvimento na região, mas a sua (não) concretização evidencia limitações e incoerências, demonstradas pela debilidade das relações de cooperação e interdependência existentes. As etapas de definição objectivos-visão estratégica e de execução das ações são geridas por diferentes atores, com estratégias individuais e recursos diferenciados, o que enfraquece/anula os resultados alcançados. As boas práticas dos processos de governação/governança e de planeamento estão mal assimiladas, comprometendo o desenvolvimento territorial prometido, pelo que importa discutir as condições necessárias à inversão destas limitações.
Original languagePortuguese
Title of host publicationValores da Geografia. Atas do X Congresso da Geografia Portuguesa
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação POrtuguesa de Geógrafos
Pages748-753
ISBN (Print)978-989-99244-1-3
Publication statusPublished - 2015

Cite this