Sobre as margens das periferias: uma introdução às vozes femininas do rap feito em Portugal

Translated title of the contribution: On the margins and peripheries: An introduction to the female voices of rap made in Portugal

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

3 Downloads (Pure)

Abstract

O sucesso da cultura Hip Hop permite observar os efeitos da tensão entre centros e periferias, subculturas e cultura dominante, em contextos urbanos e sociais caracterizados por desigualdades, invisibilidades e preconceitos. Porém, a cultura Hip Hop continua a reproduzir no seu interior desequilíbrios que influenciam a sua receção e perceção. Em particular, quer a nível local, quer global, as vozes femininas do rap tiveram sempre que lutar para o reconhecimento da sua presença. Portugal representa mais um espaço onde a invisibilidade afeta a receção das mulheres autoras de rap. O presente trabalho oferece uma breve introdução à cultura Hip Hop e discute esta falta de visibilidade experienciada pelas vozes femininas do rap em Portugal.
Translated title of the contributionOn the margins and peripheries: An introduction to the female voices of rap made in Portugal
Original languagePortuguese
Pages (from-to)207-220
Number of pages14
JournalFaces de Eva: Revista de Estudos Sobre a Mulher
Issue numberextra
Publication statusPublished - 2019

Keywords

  • dominação masculina
  • rap feminino em Portugal
  • mulheres rappers
  • rap feito em Portugal
  • cultura Hip Hop

Fingerprint

Dive into the research topics of 'On the margins and peripheries: An introduction to the female voices of rap made in Portugal'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this