Do orientalismo de António Lopes Mendes nos escritos sobre O Oriente e a America...

Translated title of the contribution: On orientalism in António Lopes Mendes’ writings about O Oriente e a America...

Research output: Contribution to journalArticlepeer-review

4 Downloads (Pure)

Abstract

A escrita de António Lopes Mendes (1835-1894) revela como, no nosso século XIX, se vivenciou o orientalismo em Portugal. É tendo em atenção o modo como foi entendido o conceito de império e percecionada a sua evolução que se devem ler os seus textos, seja A India Portugueza: breve descripção das possessões portuguezas na Ásia, o qual foi pela primeira vez publicado em Lisboa em 1886, sejam os escritos vários que redige sobre a América, muito em particular sobre o Brasil. Foi exatamente quatro anos depois da saída da sua India Portugueza que Lopes Mendes publicou na mesma editora (Imprensa Nacional) o seu O Oriente e a America: Apontamentos sobre os Usos e Costumes dos Povos da India Portugueza Comparados com os do Brazil. Estas narrativas são o nódulo da sua análise. Parte-se do conceito multissecular de memória imperial, atendendo tanto ao modo como Lopes Mendes o concebe no contexto alargado do seu tempo e como manipula as suas etno e ideo-paisagens nos espaços imperiais que descreve.

The writings of António Lopes Mendes (1835-1894) reveal how Portuguese orientalism was experienced during the nineteenth century. His texts – from A India Portugueza: breve descripção das possessões portuguezas na Ásia, first published in Lisbon in 1886, to his various writings about America and especially Brazil – should be read having in mind the ways the concept of empire and its evolution were understood. Exactly four years after the release of India Portugueza, Lopes Mendes issued in the same publisher (Imprensa Nacional) his work O Oriente e a America: Apontamentos sobre os Usos e Costumes dos Povos da India Portugueza Comparados com os do Brazil. This narrative is the connecting link of his views. We examine the century-old concept of imperial memory in the light of Lopes Mendes’ ways of conceiving it in the context of his time and manipulating the ethno and ideo-landscapes in the imperial spaces he describes.
Translated title of the contributionOn orientalism in António Lopes Mendes’ writings about O Oriente e a America...
Original languagePortuguese
Pages (from-to)113-135
Number of pages23
JournalPráticas da História
Volume10
Publication statusPublished - 2020

Keywords

  • estudos coloniais
  • memória
  • Orientalismo
  • historiografia
  • Orientalism
  • memory
  • historiography
  • studies

Fingerprint

Dive into the research topics of 'On orientalism in António Lopes Mendes’ writings about O Oriente e a America...'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this