O romance musicado em Portugal: do Renascimento ao Barroco

Research output: Contribution to conferenceAbstractpeer-review

Abstract

Apesar da clara preferência pelo vilancete e pela cantiga, o romance é uma das principais formas literárias a que os músicos ibéricos do século XVI recorreram para as suas composições. Em Portugal, particularmente, o testemunho escrito do romance musicado é bastante reduzido, mas evidencia, em alguns casos, um tratamento musical específico, distinto dos outros géneros profanos, e o recurso a textos com origem no romanceiro medieval. O cenário inverte-se no início do século XVII, em que o romance se torna a forma musical palaciana mais popular e esmagadoramente maioritária nas colectâneas musicais portuguesas, acompanhando a tendência poética e musical que se verifica também em Espanha a partir de meados do século XVI. Esta comunicação visa dar uma perspectiva sumária sobre a evolução do romance musicado em Portugal, desde o início do século XVI ao início do século XVII, segundo o testemunho das fontes musicais
portuguesas, acompanhando, em particular, o desenvolvimento da relação formal entre os textos literário e musical.
Original languagePortuguese
Pages85
Number of pages1
Publication statusPublished - 2023
EventVII Congresso Internacional do Romanceiro - Colégio Almada Negreiros - Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, Portugal
Duration: 10 May 202312 May 2023
https://viicongressoromanceiro.com/

Conference

ConferenceVII Congresso Internacional do Romanceiro
Country/TerritoryPortugal
CityLisboa
Period10/05/2312/05/23
Internet address

Cite this