O Paradeisos no mosaico: quod significat et quod significatur

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

16 Downloads (Pure)

Abstract

A representaqção do Paradeisos na Antiguidade reveste-se de uma ratio que pode ser órfica, apolínea, dionisíaca ou biblico-cristã. Qualquer uma delas pode variar o respectivo topos: celeste, terrestre, aquático ou ctónico. E ainda, em cada uma destas variantes, há um decor específico que poderá ser vegetal, animal, humano ou divino.
Poderá ser fecunda esta nossa proposta de aplicação deste modelo operativo de análise à representação do tema do Paradeisos no opus musiuum.
Original languagePortuguese
Title of host publicationImagens do Paradeisos nos Mosaicos da Hispania
EditorsManuel Justino Maciel, Cátia Rodrigues, Jorge Tomás Garcia
Place of PublicationAmesterdão
PublisherAdolf M. Hakkert Publisher
Pages149-158
Number of pages9
ISBN (Electronic)978-90-256-1310-5
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • HIstória da Arte
  • Antiguidade
  • Arquelogia
  • Mosaicos
  • Portugal
  • Espanha
  • Paradeisos
  • Ratio
  • Topos
  • Opus Musiuum

Cite this