O movimento operário na empresa Setenave

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

78 Downloads (Pure)

Abstract

Os trabalhadores da indústria naval na empresa Setenave servem como um excelente exemplo da história das relações sociais e da classe trabalhadora ao longo do século XX português. Um dos últimos grandes projectos industriais no crepúsculo do Estado Novo será nacionalizado pelo V Governo Provisório enquanto os trabalhadores ensaiavam formas de controlo operário. A institucionalização das relações de produção na nova formulação democrático liberal conduzirá a um renovado fôlego de lutas, defensivas, cuja derrota se saldará com a assinatura de pioneiros “Pactos Sociais”, os quais, na nossa hipótese de trabalho, independentemente do seu invólucro jurídico, significam historicamente, a inversão estrutural do arranjo de força das classes sociais no período pós-revolucionário.
Original languagePortuguese
Title of host publicationAtas do I Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal
EditorsAntónio Simões do Paço, Cátia Teixeira, Paula Godinho, Raquel Varela, VirgÍlio Borges Pereira
Place of PublicationLisboa
PublisherIHC-Instituto de História Contemporânea
Pages265-302
Number of pages37
VolumeI
ISBN (Print)978-972-96844-6-3
Publication statusPublished - Apr 2016
EventAtas do I Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal - Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Lisboa, Portugal
Duration: 13 Mar 201315 Mar 2013

Conference

ConferenceAtas do I Congresso de História do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal
CountryPortugal
CityLisboa
Period13/03/1315/03/13

Keywords

  • Movimento operário
  • Indústria Naval
  • Setenave
  • Pactos Sociais

Cite this