O Jazz no Diário de Lisboa na década de 1920

Research output: Contribution to journalArticle

3 Downloads (Pure)

Abstract

Neste artigo, analiso a repercussão que o jazz teve no Diário de Lisboa ao longo da década de 1920. A partir da publicidade a clubes, teatros e outros locais de diversão e de alguns comentários em notícias e artigos, observo os termos em que o jazz, e as jazz-band, são referidos e qual a opinião pública que é veiculada sobre esta música. O Diário de Lisboa era um jornal da capital (mas vendido e lido noutras partes do país), dirigido a um público culto e com acesso aos espaços onde se tocava jazz, sendo por isso um órgão de comunicação relevante para o estudo da recepção do jazz neste período. Ao longo do artigo, serão também considerados outros periódicos de forma a enquadrar a opinião formada sobre jazz numa corrente estética e ideológica.
De um modo geral, a crítica musical que se publicava no Diário de Lisboa (assim como noutras publicações de características semelhantes) incidia na revisão de concertos sinfónicos e de câmara e de espectáculos de ópera. A sua recolha e estudo, pela periodicidade com que era publicada, permite traçar e conhecer a vida musical da capital, seus intervenientes e como estes eram recebidos. Porém, permite olhar apenas para uma parcela da actividade musical da cidade, já que muitos espectáculos não chegavam a ter eco na imprensa. Desta forma, questiono também que tipo de recepção era reservada a espectáculos de jazz no Diário de Lisboa.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)163-182
Number of pages19
JournalCuadernos de Etnomusicología
Volume10
Publication statusPublished - Oct 2017

Keywords

  • Jazz
  • Imprensa periódica
  • Crítica musica
  • Cultura musical portuguesa
  • década 1920

Cite this