O imperativo das tecnologias do estado: Estratégias de e-government para empresas em Portugal

Andreia Sofia dos Santos Pinto, Miguel de Castro Neto (Advisor), Teresa Rodrigues (Advisor)

Research output: ThesisMaster's Thesis

Abstract

A evolução das Tecnologias de Informação e de Comunicação (TIC), a par do contexto de globalização, trouxeram novas oportunidades e desafios ao Estado. Este teve que se adaptar a uma sociedade que evoluiu no sentido da Sociedade da Informação e do Conhecimento. O conceito de e-government traduz a utilização estratégica das TIC no processo de modernização do Estado e da Administração Pública, com os objectivos principais de simplificar, reduzir a burocracia e os custos, reforçar a qualidade dos serviços públicos e apoiar novas políticas públicas, contribuindo ainda para promover o uso das TIC na sociedade. Nas duas últimas décadas, a União Europeia (EU) e Portugal desenvolveram estratégias de implementação do e-government em várias dimensões. Através dos serviços de e-government para as empresas, designados por government-to-business (G2B), são melhorados e criados novos serviços para os agentes empresariais. Enquadrados no âmbito do ciclo de vida empresarial, os serviços G2B têm como objectivo estimular o clima de negócios e reforçar a competitividade das empresas. Portugal destaca-se a nível europeu pela disponibilidade de serviços online para empresas e por serviços emblemáticos como a “Empresa na Hora”.
Original languagePortuguese
QualificationMaster of Philosophy
Awarding Institution
  • Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH)
Supervisors/Advisors
  • Neto, Miguel de Castro, Supervisor
  • Rodrigues, Teresa Maria Ferreira , Supervisor
Publication statusPublished - Sep 2010

Keywords

  • Governo Electrónico
  • Tecnologias de Informação e Comunicação
  • Sociedade da Informação
  • Governo Electrónico para Empresas

Cite this